Arrecadação Extraordinária Contra o Monotrilho

São Paulo, 19 de novembro de 2010

Ref.: Monotrilho

Reunião de 09/11/10

Prezado Morador da Região do Morumbi,

A SAVIAH, Associação Amigos da Vila Inah, em conjunto com a Sociedade Amigos do Jardim Morumbi vêm realizando nos últimos dois meses inúmeras reuniões em vários locais da região do Morumbi, visando facilitar o acesso dos moradores. Nestas reuniões foram ouvidas e exploradas todas as possibilidades e formas mais eficazes para solucionar este nosso problema comum. Após exaustivas análises, foi criado uma estratégia e plano de ação, apresentados na reunião do dia 9 de novembro em reunião deliberativa. Nesta reunião então, informamos aos presentes que já foi protocolada uma ação contestando o financiamento da CEF para a construção do monotrilho, que como sabemos parte desses recursos estariam sendo desviados para a construção do estacionamento do SPFC.

Entraremos com um grupo de ações jurídicas e administrativas, sendo que o primeiro grupo visa impedir a realização da licitação prevista para o dia 03 de dezembro próximo e para tanto estamos formalmente contratando a Tojal, escritório de advocacia, que já se preparou para tal.

Também assinamos a contratação da Sejzenberg Engenharia e Consultoria para realização de um parecer técnico sobre esse sistema de transporte público que desejam implantar. Este parecer técnico será juntado ao processo que ora estamos preparando sua apresentação .

Além desta contratação também teremos o a parecer de uma urbanista renomada para complementar tecnicamente nossa contestação.

Para a cobertura das despesas de honorários e dos serviços de consultoria que ora estamos assumindo, estamos contando com algumas doações que nos foram prometidas pelo comércio e moradores que não desejam se identificar, que, no entanto cobrem apenas parcialmente as despesas previstas.

Diante do exposto aos presentes, foi colocado em votação e aceito por unanimidade que façamos um pedido a todos os moradores envolvidos direta ou indiretamente com a possível implantação do monotrilho, para uma contribuição imediata no valor de R$ 1000,00 e de R$ 500,00 respectivamente por residência e apartamentos. Entende-se que os diretamente afetados são aqueles que estão sujeitos à desapropriação e os indiretos aqueles que estão nas proximidades e, portanto sofrerão com a desvalorização de seus imóveis.

Para tanto foi aberta uma conta bancária específica e exclusiva, conforme segue:

Banco Bradesco

ASSOCIAÇÃO SOCIEDADE AMIGOS VILA INAH – SAVIAH

Ag 03335-9

C.C 0002777-4

CNPJ: 03.067.055/0001-54

Esta conta embora em nome da Saviah , Sociedade Amigos da Vila Inah, que também congrega os moradores do Jardim Leonor, é uma conta específica para uso exclusivo da movimentação dos recursos necessários às ações que visam impedir a construção do monotrilho.

A Sociedade Amigos do Jardim Morumbi assinará em conjunto com a Saviah, através de seus representantes legais, a movimentação desta conta.

Uma contabilização feita por escritório de contabilidade e assinado pelo seu contador, trará total transparência.

Em face de urgência de levantamento dos recursos, não estaremos emitindo boletos, à exceção daqueles que fizerem uma solicitação. Pedimos encarecidamente que os moradores façam suas contribuições conforme valores acima descritos, mediante depósitos identificados,  ou doações de outros valores para que possamos dar prosseguimento ao processo judicial iniciado.

Pedimos também a todos que contatem seus vizinhos para fortalecer este movimento com conseqüente redução do custo individual.

Saviah-Sociedade Amigos da Vila Inah                             Sociedade Amigos do Jardim Morumbi

Silvio Teixeira                                                                              Daniel Almeida

6 Responses to Arrecadação Extraordinária Contra o Monotrilho

  1. Guilherme says:

    Aos srs que ainda insistem em refutar o monotrilho como opção de trasnporte de qualidade segue link de perguntas e respostas do Metro para as perguntas dos senhores http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/meio_ambiente/Quest_AudPublica_Linha%2017.pdf

    • Eduardo says:

      Falou Falou , e nao disse nada. Monotrilho nao deu certo em nenhuma parte do mundo.Só deu certo como transporte para fins turistiicos. O governo ignorou a questao de mobilidade por decadas, e agora vem correndo fazer tudo com essa pressa, ignorando o que a populaçao quer, impondo uma modal carissimo pelo que é e pelo que transporta. O monotrilho é tao caro como o metro, pois o calculo tem que ser feito por passageiro transportado e o monotrilho transporta 4 vezes menos que o metro. Em todo o lugar que o Governo quer colocar monotrilho houve oposição feroz da população.Isso do Governo fiingir que é uma boa e fingir de surde terá consequencias!!! Fazem contas de que no Morumbi nao é necessario, nao tem usuarios suficientes ! MENTIRA!!! IContam 70.000 da Paraisopolis e nao contam as quase 10 favelas do outro lado da Giovanni,que juntas somam mais de 200.000. Sem falar que é o bairro que mais cresce , nas pessoas que precisam aravessar o bairro , como moradores de Campo Limpo. Só louco para querer monotrilho, ou ser do governo, , ou ser das empresas beneficiadas. Metroviarios mesmo sao contra, basta ver as manifestaçoes na camara , publicadas no proprio Jornal dos metroviarios.

  2. Gabriel Garcia says:

    A liminar caiu, o que será feito com o dinheiro?

  3. eleonora Campi says:

    Senhores,
    Antes de tudo quero congratular a Saviah pelo empenho contra o monotrilho no Morumbi, o que, entre outras consequências adversas, com certeza, desvalorizará os imóveis por onde passar.
    Li na revista VEJA São Paulo (vejinha), edição de 17 de agosto de 2011, que a Linha 17 – Ouro do Metro irá do Aeroporto de Congonhas até a estação Morumbi da CPTM. e entendo que isso significa não passar sobre o Rio Pinheiros, ou seja, seu final será na Granja Julieta.
    Se assim o for, VOCÊS VENCERAM, o que muito me anima pois sou propietária de imóvel no Panamby, atrás do Supermercado Extra, área prevista para receber o nefasto monotrilho.
    É isso mesmo? O monotrilho não virá pra o nosso lado?
    Grata, Eleonora.

  4. xico says:

    Quem contribuiu? quais são as pessoas e o montante arrecadado ? Quanto tem custado os processos ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: