Linha 4 do Metrô terá novas estações em 2014

Objetivo é concluir em dois anos as estações Morumbi, Fradique Coutinho, Oscar Freire e Mackenzie

Linha 4 do Metrô terá novas estações em 2014
Com a autorização do governador Geraldo Alckmin, serão retomadas as obras de finalização em quatro estações da Linha 4 – Amarela do Metrô, preparando ainda o início da construção da Linha 17
Leia mais:

SP terá quatro obras ferroviárias

Construção do trecho su do novo Monotrilho terá início ainda nesta semana
Anúncios

metrô para errado e cadeirante fica preso em plataforma

 Bruno ficou preso na estação após descer do metrô. Foto: Arquivo Pessoal/Bruno Vilela /vc repórter

Um cadeirante ficou preso no direcionador de fluxo do Metrô de São Paulo na última sexta-feira, na estação Luz, por volta das 22h30. As barras de ferro marcam exatamente a entrada e saída dos usuários dos vagões.

Leia mais: http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5686691-EI8139,00-vc+reporter+metro+para+errado+e+cadeirante+fica+preso+em+plataforma.html

Passageiros seguem viagem a pé após problema em trens da CPTM em SP

Um problema na linha 7-rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), entre as estações Barra Funda e Luz, fez nesta quinta-feira (29) alguns passageiros descerem dos trens e seguirem viagem a pé, pelos trilhos.

Segundo a assessoria de imprensa da companhia, a situação da circulação de trens na linha –que vai da estação Luz à Francisco Morato–, começou a se normalizar por volta das 9h no trecho Lapa-Barra Funda, que tem acesso ao sistema do metrô, e entre as estações Luz e Baltazar Fidelis. O sistema de Paese da SPTrans, que opera com õnibus gratuitos, também foi acionado na estação Caieiras para atender passageiros da região de Francisco Morato e Campo Limpo.

Nesta quinta-feira, 29, por volta das 7h, ocorreu um defeito no sistema de alimentação elétrica dos trens na região da Estação Luz. Por este motivo, a circulação de  trens entre estações Pirituba e Luz, na Linha 7-Rubi(Luz- Francisco Morato) foi paralisada.

Os usuários estão sendo orientados pelo sistema de som dos trens e estações.

Leia mais / Fotos : http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2012/03/29/sp-passageiros-seguem-viagem-a-pe-apos-problema-em-trens-da-cptm.htm

Monotrilhos pelo Mundo

Algumas fotos de Monotrilhos pelo Mundo…

Monorail bridge connecting the Seo-gu (West) and Buk-gu (North) districts to Daegu City

Monorail heading south towards downtown Daegu from Dongcheon-dong, Chilgok 3

Mais fotos : http://www.monorails.org/tMspages/CnstDaegu02.html

Campanha para recuperação da praça em frente ao estádio.

No domingo, dia 25 de março de 2012, moradores do Morumbi realizaram um ato de protesto contra o Monotrilho na Praça Roberto Gomes Pedrosa, em frente ao estádio do Morumbi.
O ato teve repercussão na mídia, com uma reportagem no jornal Estado de São Paulo.

Durante o ato, a Saviah também iniciou uma campanha para recuperação da praça em frente ao estádio.
O objetivo é tornar a praça um espaço público, que possa ser realmente utilizado pelos moradores para atividades de lazer e evitar que venha a ser utilizada no futuro como estacionamento de carros pelo estádio.
A SAVIAH plantou mais de 20 árvores com a colaboração de alguns moradores, que também trouxeram algumas plantas adicionais.

Vejam abaixo algumas fotos do trabalho:

 

http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,monotrilho-e-alvo-de-ato-no-morumbi,853382,0.htm

Monotrilho é alvo de ato no Morumbi

“É melhor enobrecer a área deteriorada do que deteriorar uma área nobre”, afirmou o administrador de empresas Yves Jadoul, de 49 anos, um dos manifestantes. O protesto foi marcado por uma rede social e reuniu as comunidades “Moradores do Morumbi” e “Morumbi contra o Monotrilho”, às 11 horas, em frente ao Estádio do Morumbi.

“Queremos o metrô subterrâneo. Precisamos de transporte público de qualidade”, disse Júlia Titz de Rezende, de 66 anos, presidente do Conselho de Segurança Comunitária (Conseg) do Morumbi. Para ela, o monotrilho era uma demanda para a Copa de 2014. “Como o Morumbi não será mais sede da copa, não há necessidade da construção de um transporte inferior”, disse.

leia mais: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,monotrilho-e-alvo-de-ato-no-morumbi,853382,0.htm

Notícias da semana – 7 a 13 de fevereiro de 2011

xx

Governo contesta “Valor” sobre monotrilho (Blog do Morumbi)

Ao jornal
Valor Econômico
Em relação a matéria “Governo muda prazos e linhas no metrô”, publicada no dia 8, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos retifica:
“ O governo determinou o fim do projeto dos monotrilhos, vai alterar o cronograma de entrega de linhas do metrô”…..
Correção:
O governo Alckmin nunca determinou o fim do projeto dos monotrilhos. No momento, desenvolve a construção do monotrilho da Linha 2-Verde que vai ligar a Vila Prudente à Cidade Tiradentes, com 22 quilômetros de extensão. A Linha 17-Ouro, Jabaquara – Morumbi, também em monotrilho, aguarda decisão da Justiça para dar prosseguimento ao processo licitatório. A Linha 16-Prata, Lapa – Cachoeirinha, também permanece no projeto de futuras linhas do Metrô.
“O secretário, Jurandir Fernandes, não dará prosseguimento aos projetos de monotrilhos em São Paulo”
Correção:
O secretário Jurandir Fernandes nunca declarou que não dará continuidade aos projetos de monotrilho.

CBN São Paulo – Entrevista com Jurandir Fernandes

Governo SP determina fim dos projetos de monotrilhos (Railbuss – Valor Econômico)

Vitrine da gestão de José Serra (PSDB), as obras de Transporte e Transporte Metropolitanos estão na mira do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). O governo determinou o fim do projeto dos monotrilhos, vai alterar o cronograma de entrega de linhas do metrô e de projetos de grande visibilidade, como a ponte estaiada entre Santos e Guarujá, e rever todos os contratos das secretarias.

Em Transportes Metropolitanos, pasta que concentrou investimentos e publicidade na gestão passada, os programas estão sendo reformulados. O secretário, Jurandir Fernandes, não dará prosseguimento os projetos de monotrilhos em São Paulo. No governo anterior, quando a pasta era presidida por José Luiz Portella, chegou a ser cogitada a execução de seis projetos, entre eles, a Linha 17 – Ouro, no Morumbi, o mais adiantado por conta da necessidade de ligação do Metrô com o estádio do Morumbi, para a Copa do Mundo.

“O monotrilho é um projeto inusitado, que merecia uma discussão mais ampla”, diz Fernandes …

Governo muda prazos e linhas no metrô (Valor Econômico)

Vitrine da gestão de José Serra (PSDB), as obras de Transporte e Transporte Metropolitanos estão na mira do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). O governo determinou o fim do projeto dos monotrilhos, vai alterar o cronograma de entrega de linhas do metrô e de projetos de grande visibilidade, como a ponte estaiada entre Santos e Guarujá, e rever todos os contratos das secretarias.